O que é o Projeto Cultural?

Capa Projeto Cultura Final 5Projeto Cultural – uma proposta de memória e divulgação dos Servidores do PJU e MPU

A proposta do Projeto Cultural tem como objetivo preservar a memória da luta histórica dos servidores do PJU e MPU. Guardar como um legado, o movimento, atos, atividades que aconteceram e que promoveram o aprendizado para futuras recordações, reflexões e debates pela busca da valorização do servidor. O marco dessa memória será o registro dos apoios pela derrubada do veto 26/2015 que faz justiça às perdas salariais sofridas pelos servidores por aproximadamente 10 anos.

O projeto é dinâmico e tende a se transformar ao longo do tempo e do contexto das realidades de cada Estado. Prevê datas festivas para reflexão histórica com manifestações  culturais e políticas com servidores e representantes do povo. Será uma oportunidade de promover a arte, a música, a poesia e a cultura  no compartilhamento de experiências e ideias que unam e contribuam para a valorização e harmonia da categoria.

O projeto é cultural porque visará além das atividades culturais, a busca por uma mudança cultural na participação do servidor na política.  Com as experiências adquiridas pelo movimento, os servidores observaram uma necessidade de aproximação com os  representantes de seus estados para ouvirem e serem ouvidos levando esclarecendo a importância dos serviços que a categoria presta à sociedade.

O projeto é uma ideia que pode ser desenvolvida, recriada e adotada em parte ou completa, conforme proposta que está sendo adotada por alguns estados. Tem o objetivo de dar visibilidade às reivindicações da categoria como iniciativas  que podem ser escolhidas e readaptadas conforme kit do Projeto Cultural que contém exemplos de informativos, documentos e ideias  para divulgações como outdoors, faixas ou busdoors para aqueles que queiram participar e executar individualmente alguma iniciativa, ou em um grupo que tenha adotado a ideia ou junto ao próprio sindicato se este quiser ser o responsável em sua cidade.

O projeto é para todos os servidores que queiram participar podendo ou não se juntar a entidades sindicais que abraçarem essa causa em nome dos Servidores do PJU e MPU na derrubada do Veto 26. Os estados que adotaram a ideia já estão se organizando para promoverem eventos e atividades com servidores e parlamentares. O Estado do Acre, por exemplo, não só adotou o projeto como já tem dois eventos marcados para o dia 28 de outubro com uma plenária na câmara municipal para explicar o que é o PLC 28 e no dia 07 de novembro com uma feijoada onde representantes do estado que apoiam o PLC 28 serão homenageados.

O servidor do MPU, Sérgio Taboada, um grande defensor do Projeto que nasceu de uma ideia de servidores do Ceará, tem feito maciças divulgações do Projeto Cultural pelas redes sociais, por meio de áudios e textos a nível nacional conquistando muitas adesões. Ele afirma que a ideia se transformou em algo sólido, viável e grande com a contribuição de vários servidores que já a transformaram numa obra coletiva por todo o Brasil. Taboada em uma de suas mensagens de divulgação nas redes, cita  John Lennon, “Você pode até dizer que sou um sonhador, mas eu não sou o único!”, reforçando a fé ao lado de muitos servidores pela derrubada do Veto 26/2015.

Áudio explicativo sobre o Projeto Cultural.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone