Memorial

memorial-fazendo-justica

Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados

 

Esse memorial consiste numa seção do site Fazendo Justiça destinada a relatar o histórico dos parlamentares e o seu apoio ou não à derrubada do veto 26/2015. A ideia nasceu como uma ramificação do Projeto Cultural dos servidores do Ceará em prol da valorização da carreira dos servidores do PJU.  O site Fazendo Justiça, em parceria com os Estados e servidores, abraçou a ideia para criar essa memória até às próximas eleições, como uma fonte de informações na avaliação de cada parlamentar como candidato ao próximo pleito.

Os 120 mil servidores do Poder Judiciário Federal e suas famílias NÃO SE ESQUECERÃO.

Se torcer por mim, torço por você

Se lutar por mim, luto por você

Se votar SIM ao veto 26, não te esquecerei

Se votar NÃO ao veto 26, de você eu lembrarei.

Mesmo com a luta pela derrubada do Veto 26 ainda em curso, é preciso começar a construir um memorial. É preciso que os Parlamentares saibam desde logo que os servidores estão acompanhando de perto cada passo, cada atitude, cada posicionamento; e que saibam que não serão esquecidos. Também é dever do site ser fonte de informação ao servidor público do Judiciário Federal, trazendo dados sobre os parlamentares, a fim de que saibam quem é quem no meio desse longo processo de aprovação do PLC 28 e derrubada do veto 26 do ano de 2015.

Com essa finalidade começa o desenvolvimento da seção MEMORIAL do site, que ainda está em construção e passo a passo será atualizada conforme informações levantadas.

Aqui o servidor encontrará uma página com os maiores apoiadores, que merecem o agradecimento e principalmente um voto de confiança. Esses comporão a seção “Apoia o Judiciário”.

Em contrapartida, o servidor também terá acesso à lista dos parlamentares que negaram apoio à recomposição salarial dos servidores do PJU. Esses comporão a seção “Não apoia o Judiciário”. Nessa lista estarão os parlamentares que acham correto e justo que o servidor viva com o salário congelado e defasado por mais de 9 anos, mesmo num cenário de inflação crescente. Os que pensam que o  servidor deve arcar com a conta de uma crise provocada pelos que estão no poder. Parlamentares que preferiram entrar nas negociações com o Governo no recebimento de ministérios e cargos. Parte deles até chegou a manifestar apoio à causa dos servidores do PJU, mas acabou optando por votar com a bancada por razões diversas. Outra parte começou até a atuar diretamente contra o reajuste dos servidores do Judiciário Federal.

Deputados e Senadores, os 120 mil servidores do Poder Judiciário Federal e seus círculos de influência NÃO SE ESQUECERÃO DE SUA POSTURA. Não se elege partidos ou bancadas, elegem-se Deputados e Senadores. Portanto, os servidores estarão atentos nas próximas eleições!

AINDA HÁ TEMPO DE FAZER  JUSTIÇA AO TRABALHADOR DO JUDICIÁRIO FEDERAL. 

Quem é quem no apoio ao Veto 26/2015?

AINDA EM DÚVIDA SE ESTA É A MELHOR TÁTICA?

Assistam o discurso do Senador Pedro Taques em 2013, porém prevendo o atual cenário político de 2015 com os desmandos do Governo e contrabandos Legislativos. Chama atenção à necessidade da escolha de representantes para legislar em prol dos interesses da sociedade, e não o contrário, quando priorizam interesses próprios ou partidários. Destaca ainda a anti-eleição como instrumento que impede os leva-e-trazes do Executivo. Avaliar representantes que contribuíram com a derrubada do Veto 26, ao mesmo tempo avaliar outros que pouco contribuíram ou muito atrapalharam na derrubada do Veto 26.

Pronunciamento do Senador Pedro Taques em 2013

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone