Entenda – Quem não apoia!

3d human with a red question mark

3d human with a red question mark

Nessa página você encontrará alguns parlamentares que não deram apoio aos Servidores do Poder Judiciário que ficaram em  greve por mais de 120 dias em 2015.  Os fatos que darão respaldo serão  declarações que os parlamentares tenham feito em redes sociais ou meios de comunicação ou discursos, todos devidamente registrados a favor da manutenção do Veto 26/2015 até sua definitiva comprovação no dia da apreciação do veto.

A lista daqueles que não apoiaram a reposição salarial dos servidores do PJU está sendo cuidadosamente preenchida com a finalidade dos servidores públicos consultarem a postura de cada parlamentar diante da  categoria que deflagrou uma greve de mais de 120 dias aguardando aprovação do PLC 28/2015 e a análise do Veto 26/2015. Várias sessões do Congresso Nacional foram marcadas, canceladas, adiadas e uma obstruída devido a interesses governistas na apreciação e manutenção dos vetos que estavam na pauta, além do veto do reajuste dos servidores do Judiciário.

Os integrantes desta lista estão aqui porque acham correto e justo que o servidor viva com o salário congelado e defasado por mais de 9 anos, mesmo num cenário de inflação crescente. Pensam que o  servidor deve arcar com a conta de uma crise  provocada pelos que estão no poder. RAZÃO E PARÂMETRO SUFICIENTES A SEREM CONSIDERADOS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

Existem aqueles que merecem especial destaque, pois simplesmente não mantiveram sua palavra de apoio, propagam informações falaciosas ou escolheram votar com a bancada por razões diversas e/ou passaram a atuar contra o reajuste dos servidores do Judiciário Federal depois das negociações com o Governo.

Esse memorial serve para mostrar a todos os 120 mil servidores do Poder Judiciário Federal que NÃO SE ESQUEÇAM E FIQUEM ATENTOS NA PRÓXIMA ELEIÇÃO! 

LEMBREM-SE e FAÇAM campanhas para que todos se lembrem também e VOTEM com consciência, sabendo daqueles que se negaram a apoiar de fato o reajuste do trabalhador do Judiciário Federal. Não elegemos bancada, e sim o parlamentar que irá representar o interesse do cidadão e do Estado. Então, caro parlamentar,  considere o pedido das 120 mil famílias de todo o Brasil e vote com seu eleitor e não com sua bancada.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone